O mais recente anúncio de Osama Bin Laden é de que os cidadãos franceses vão pagar caro em função da França manter seus soldados em operações no Afeganistão. Mas não é só isso. O alvo de Bin Laden e Nicholas Sarkozy líder francês que esse ano assumirá a presidência do G-20. Aproveitando-se do pano de fundo da crise econômica, Sarkozy deverá levar para o G-20 sua propostas populistas sobre contenção da criminalidade e imigração.